Proprietário de clínica veterinária em Nova Lima é preso pela polícia

O proprietário da clínica veterinária Animed, Marcelo Dayrell, foi preso pela Polícia Civil nesta manhã de sexta-feira, dia 22, na operação “Arca de Noé”.

Marcelo é investigado por estelionato, associação criminosa e maus-tratos. A investigação aponta que a clínica congelava o animal após a sua morte e continuava cobrando dos donos pela internação. Há casos de animais que ficaram congelados por mais de uma semana.

Quando o dono era avisado, o animal era descongelado e uma injeção era aplicada para retornar a condição do corpo. A investigação aponta também que a clínica utilizava de medicamentos proibidos, aplicação de medicamentos humanos nos animais e reaproveitamento de próteses.

“Nós temos testemunhas fundamentais que informam para gente que era um procedimento comum a reutilização de próteses e parafusos que poderiam causar uma contaminação nos animais muito fácil. E a questão do congelamento, nós tivemos notícia que ele praticava esse tipo de ação, ele congelava o animal já morto para postegar a devolução do corpo para receber um maior volume de dinheiro”, disse a delegada Carolina Bechelany.

A mulher de Dayrell, a também veterinária Franciele Fernanda Quirino dos Santos, é procurada pela polícia. Ela não foi encontrada na clínica e nem em sua casa. Franciele estaria viajando e é considerada foragida.

As investigações começaram apurando o descarte de lixo humano misturado com o de animais. Contudo, ao se aprofundar, a Civil chegou aos indícios dos outros delitos. Ainda será apurado o cometimento de lavagem de dinheiro.

Fechada da clínica na rodovia MG-030

1 thought on “Proprietário de clínica veterinária em Nova Lima é preso pela polícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.