Garis passam por teste e catam lixo de varrição com as mãos e carregam saco cheio em Nova Lima

A empresa Israel, responsável pela coleta de lixo e limpeza urbana na cidade realizou nesta semana um treinamento com garis para que eles deixassem de usar o lutocar (carrinho) em que despejam o lixo e também sem a pá usada para coleta.

Segundo o Técnico em Segurança do Trabalho da empresa Israel, identificado apenas como Rodrigo, a empresa realizou na quinta e sexta-feira, dias 21 e 22, respectivamente, um estudo de viabilidade para que o sistema de não uso dos equipamentos fosse implantado em Nova Lima, tendo como modelo a cidade de Belo Horizonte.

Trabalhador da Construtora Israel catando lixo com as mãos

Nesta sexta-feira, flagramos um dos funcionários da empresa abaixado e catando o lixo com as mãos durante varrição e em seguida levando o saco de lixo nas mãos podendo ocasionar cortes e lesão.

Questionado se a produtividade dos garis melhoraria, Rodrigo não soube explicar e disse que ele é contra o projeto por entender que aumentaria o risco de acidentes.

Consultada, a Superintendência de Limpeza Urbana de Belo Horizonte (SLU), informou que os garis da cidade continuam usando os carrinhos, inclusive para levar os adereços (vassoura, pá e sacos de lixo) e que os quando necessário utilizam técnica que não necessita o uso das mãos nos resíduos e que na cidade há pontos de coleta dos sacos cheios, não sendo necessário que os sacos sejam carregados.

Entramos em contato com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, da prefeitura de Nova Lima que desmentiu a informação de qualquer tipo de mudança nas condições de trabalho dos garis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.