A cidade de Nova Lima vem experimentando um “boom” de arrecadação nos últimos anos. Desde o aumento da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem) em 2017, a cidade vem registrando um maior potencial arrecadatório.

Neste ano, até a presente data (28/11), a cidade já arrecadou R$1.084.612.423,80 bilhões contra R$1.095.489.538,83 até o dia 31 de dezembro, o que representa 99%. Provavelmente a cidade vai ter uma receita maior do que aquela registrada no ano passado.

Como comparação, em 2020, a arrecadação foi de R$840.532.465,62, ou seja, este ano estamos 29% acima do último ano. Se comparado o Cfem, em 2022, até o momento, a arrecadação é de R$126.918.639,87, enquanto em 2021 foi de R$198.368.905,75, representando 65% e podendo também ultrapassar o valor do ano passado.

O avanço sobre 2020, no entanto, é de 8,5%. Outra receita que tem demonstrado dinamismo é o recolhimento de impostos: em 2022 R$379.833.532,12; em 2021 R$393.008.276,20; e em 2020 R$336.143.198,82. Em 2021 a arrecadação própria do município com impostos diretos e comparado à receita total, representou 35,87% e em 2020 39,99%. Já em 2022, também até o momento, registrou 35,02%. O que mais explica estes números é o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

A cidade ainda abate nesta receita total, as transferências oriundas do governo federal e estadual. A forte arrecadação tem feito a Prefeitura de Nova Lima iniciar uma série de obras. Uma delas é a duplicação da MG-030, iniciada pelo governo Vitor Penido (União Brasil).

Já a administração João Marcelo (Cidadania), iniciou várias obras, como a arena multiuso no Espaço Cultural, obras em Honório Bicalho, várias construções em Água Limpa, reestruturação do trânsito no trevo Seis Pistas, finalização da arena esportiva próxima ao Osvaldo Barbosa Pena e até mesmo a Casa do Educador, ambiente voltado para aprimorar as habilidades dos professores da rede. Há outras várias obras já finalizadas.

A cidade ainda terá uma modernização da gestão física das escolas municipais. A cidade aprovou na Câmara de Nova Lima uma Parceria Público-Privada (PPP) da educação, que vai licitar uma empresa responsável por inúmeras funções no que diz respeito a situação estrutural dos colégios. Não apenas: há ainda a PPP da iluminação pública, que levará LED para todos os postes da cidade e ainda poderá levar internet gratuita.

Todos estes números projetam a nossa cidade para uma das maiores do Brasil em termos de PIB per capta e capacidade de investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.