Estado define regras para liberação do uso de máscara; cidade tem números positivos

Uso de máscara para proteção contra o novo coronavírus.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) anunciou nesta quinta-feira, dia 10, as condicionantes para liberação do uso de máscaras em todo estado. Estágios de liberação está ligada a vacinação contra a covid-19. Nova Lima já poderá desobrigar o uso no próximo sábado, dia 12, quando a decisão do estado passa a valer.

Atualmente, Minas tem 81% da população com 5 anos ou mais vacinada com as duas doses. Já a dose de reforço foi aplicada em 44% da população do estado com idade a partir de 18 anos. Os últimos números locais, do dia 18 do mês passado, mostravam que entre a população adulta 80 mil pessoas haviam sido atendidas com a primeira aplicação e desses, 77.540 já haviam recebido a segunda. Deste total, 45% já havia recebido o reforço vacinal. Eram esperados ainda cerca de 74 mil aplicações (população a ser atendida).

Já em Nova Lima, entre os adolescentes (12 a 17 anos) eram 8.386 aplicações, com 82% já com a segunda dose (pelo tempo de aplicação ainda não chegaram na terceira). Ainda em andamento, a imunização infantil havia atingido 63% do público esperado, com 4.432 atendimentos.

Segundo o secretário Fábio Baccheretti, o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a queda do número de casos novos permitem a flexibilização e a recomendação é estar com 80% de primeiras e segundas ou única doses aplicadas na população adulta e para liberação em espaços fechados, 70% da dose de reforço.

A decisão para a liberação ou não será decidida pelo comitê de acompanhamento da doença, que se reúne às quintas-feiras.

Em caso de liberação, é recomendado o uso da máscara em todas as situações para imunossuprimidos, pessoas com comorbidade e que não estejam vacinadas.

O programa Minas Consciente, que definia os protocolos e as restrições para o funcionamento das atividades econômicas nos municípios, vai acabar no próximo sábado. Segundo Baccheretti, o estado vai continuar a monitorar a pandemia, mas de forma diferente, por meio de quatro indicadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.