Prefeitura diz que monitora situação na BR-040 e que empresa deve ser autuada por crime ambiental

A Prefeitura de Nova Lima se pronunciou oficialmente sobre o rompimento de um dique, na barragem Pau Branco, da Vallourec, na BR-040, na altura do Condomínio Alphaville. O incidente aconteceu na manhã deste sábado, dia 8, já que uma das estruturas de coleta de água não suportou o volume de chuva no momento.

De acordo com nota emitida, neste momento técnicos da Prefeitura avaliam os impactos ambientais e estão “mantendo contato com a empresa para definir as ações necessárias”. 

Segundo a Prefeitura, a empresa será autuada por crime ambiental e vai exigir, ao lado do governo estadual, o cumprimento do Plano de Recuperação de Áreas Degradadas, uma vez que o licenciamento e acompanhamento de atividades minerárias são de responsabilidade do estado.

Nota da Vallourec

A Vallourec informa que não houve rompimento de barragem em sua unidade Mineração. Em função das chuvas excessivas dos últimos dias houve um carreamento de material sólido da pilha Cachoeirinha para o Dique Lisa, localizado em Nova Lima, ocasionando o transbordamento desse dique, que fica próximo à BR 040.  

O dique em questão é uma estrutura de contenção de águas pluviais e não se trata, portanto, de uma barragem de rejeitos de mineração. Importante esclarecer, ainda, que o maciço se encontra íntegro e não houve rompimento da estrutura.

Em decorrência desse transbordamento e em conformidade com o PAEBM as sirenes foram devidamente acionadas, na manhã deste sábado (8/1), às 10h31. Como consequência, a BR 040 foi interditada de imediato, pela administradora da rodovia.

A Empresa já acionou os órgãos competentes e está trabalhando em conjunto com as autoridades para minimizar os transtornos ocorridos. De acordo com as apurações preliminares, não há o registro de vítimas.

Nota da PMNL na íntegra

Já a Vallourec informou que houve carreamento de material sólido na estrutura e o transbordamento pelo excesso de água e que as sirenes de emergência na região foi acionada devido a obrigação como consta no Plano de Emergência para Barragens. 

Confira na íntegra:

“A Vallourec informa que não houve rompimento de barragem em sua unidade Mineração.

Em função das chuvas excessivas dos últimos dias, houve um carreamento de material sólido da pilha Cachoeirinha para o Dique Lisa, localizado em Nova Lima, ocasionando o transbordamento desse dique, que fica próximo à BR 040.

O dique em questão é uma estrutura de contenção de águas pluviais e não se trata, portanto, de uma barragem de rejeitos de mineração. Importante esclarecer, ainda, que o maciço se encontra íntegro e não houve rompimento da estrutura.

Em decorrência desse transbordamento e em conformidade com o PAEBM, as sirenes foram devidamente acionadas, na manhã deste sábado (8/1), às 10h31. Como consequência, a BR 040 foi interditada de imediato, pela administradora da rodovia.

A Empresa já acionou os órgãos competentes e está trabalhando em conjunto com as autoridades para minimizar os transtornos ocorridos. De acordo com as apurações preliminares, não há registro de vítimas.”

3 thoughts on “Prefeitura diz que monitora situação na BR-040 e que empresa deve ser autuada por crime ambiental

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.