O diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM), Guilherme Gomes, deu uma entrevista impressionante à Rádio Itatiaia neste último domingo, dia 9. Ele acompanhou o transbordamento do dique da barragem da Vallourec, em Nova Lima, na Mina de Pau Branco.

“A barragem estava quase rompendo. Quase rompendo mesmo. Começamos a demandar a Vallourec para descer máquinas. Se continuasse da forma que estava, ia romper porque a água estava passando por cima”, disse ele à rádio.

Neste momento há “zero” risco de rompimento, ainda de acordo com Guilherme. Em caso de rompimento, a lama atingiria a BR-040 em apenas três minutos. A liberação da via foi feita nesta segunda-feira, dia 10, já que a concessionária do trecho informou que consegue interditar o local com 50 segundos.

“Está sendo instalado agora um radar na pilha. Mesmo com eventual rompimento nessa pilha, essa onda só chega na rodovia com 3 minutos. Em conversa com a Via 040 eles informaram que têm condição de interditar o tráfego com 50 segundos. Isso nos deu uma segurança para desinterditar”.

Com esse radar é esperado que exista mais segurança na BR-040. O diretor afirmou que chegou “a brigar com algumas pessoas da Vallourec para conseguir essas máquinas” e que fizeram uma obra de emergência na barragem: “o que temos ali atrás é um talude gigantesco em uma pilha de estéril, que pode afetar o risco”, explica.

Veja mais notícias sobre as chuvas

One thought on “Diretor da ANM confessa que barragem em Nova Lima iria romper”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.