O Corpo de Bombeiros fez uma vistoria na Barragem B2 na Mina de Fernandinho nesta terça-feira, dia 11, por volta das 7h42. A barragem foi levada para nível 2 de risco para rompimento.

Esta barragem é operada pela CSN e há danos na estrutura que ensejam riscos para rompimento. A empresa soltou um comunicado ao mercado nesta manhã e disse que não riscos para a população.

A barragem tem 400 mil metros cúbicos de água e não atingiria a Zona se Autossalvamento (ZAS), mas atingiria o Rio das Velhas. Ela é considerada pequena frente as demais barragens que colapsaram, como a de Mariana e Brumadinho.

“A CSN reforça também que a Barragem B2 não envolve riscos à população pois todos os moradores da Zona de Autossalvamento (ZAS) já foram realocados e tampouco representa impacto relevante na produção da Companhia”, mostra trecho do comunicado da empresa ao mercado.

Técnicos da empresa também estão no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.