Festa clandestina é interrompida em condomínio; cerca de 350 pessoas estavam presentes

A Guarda Civil Municipal (GCM) interrompeu na noite desta sexta-feira, dia 16, uma festa com cerca de 350 pessoas no condomínio Estância Serrana II, em um espaço para eventos. A ação foi deflagrada após denúncia por descumprimento de regras sanitárias. No local, pessoas não usavam máscara e consumiam bebida alcoólica.

O evento acontecia de forma clandestina, já que não há expedição de alvará para este tipo de eventos. Somente é permitido 30 pessoas em eventos, com distanciamento.

Segundo a prefeitura, os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) foram prontamente deslocados para o local e constataram as irregularidades. A Polícia Militar (PM) foi acionada para dar cobertura e os frequentadores foram dispersadas de maneira ordeira, e lavrado um Boletim de Ocorrência (BO) para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Os organizadores podem responder por crime contra a saúde pública. 

Em nota, a Prefeitura lamentou o ocorrido e afirmou que vai continuar de maneira preventiva para evitar esse tipo de situação. “O Governo Municipal lamenta o flagrante desrespeito às normas, mas reitera que as ações de fiscalização continuarão em todos os bairros da cidade, de forma preventiva, para assegurar o cumprimento do decreto em vigor”.

Nota – Prefeitura de Nova Lima

A Prefeitura de Nova Lima informa que, na noite de sexta-feira (16/04), recebeu denúncias de descumprimento das determinações de enfrentamento da Covid-19, vigentes na cidade, e agentes da Guarda Civil Municipal foram prontamente deslocados a um espaço de festa, no Estância Serrana II, onde ocorria  um evento de forma clandestina, sem alvará de funcionamento,  para realizar as ações de fiscalização.
Com a chegada das equipes e de outras forças de segurança, 350 pessoas aproximadamente presentes no local, a maioria sem máscaras e fazendo uso de bebidas alcoólicas, foram dispersadas de maneira ordeira, e a situação foi resolvida. Foi feito registro de ocorrência e serão tomadas as medias cabíveis.
 
O Governo Municipal lamenta o flagrante desrespeito às normas, mas reitera que as ações de fiscalização continuarão em todos os bairros da cidade, de forma preventiva, para assegurar o cumprimento do decreto em vigor.

1 thought on “Festa clandestina é interrompida em condomínio; cerca de 350 pessoas estavam presentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.