Justiça concede liminar e Juliana terá que publicar vídeo de Abner

Reprodução/Facebook

Juliana Sales, candidata a vereadora pelo partido Cidadania, foi condenada em decisão liminar pela Justiça Eleitoral de Nova Lima por divulgar fake news contra o seu correligionário Abner Henrique.

Atualização: O Sempre adicionou que a sentença trata-se de uma condenação em decisão liminar.

No último dia 10 de novembro, Juliana Sales fez uma live em seu instagram e, ao final, em tom exaltado, afirmou que o candidato Abner Henrique devia 67 mil reais à justiça.

Segundo decisão da juíza Ana Cristina Ribeiro Guimarães, a conduta da candidata Juliana Sales caracteriza-se como fake news, já que o candidato Abner não foi condenado a pagamento, e muito menos, é devedor da justiça.

A juíza eleitoral determinou que Juliana Sales deve publicar um vídeo do candidato Abner Henrique para corrigir a ofensa causada no feed do seu instagram. O vídeo deverá ter a duração máxima de 02 minutos e deverá ficar disponível por 04 horas. A candidata tem o prazo máximo de 02 dias para cumprir a decisão, sob pena de pagar uma multa diária de 15 mil reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.