Prefeitura de Nova Lima anuncia recolhimento da cerveja “Belohorizontina”

Polícia investiga duas mortes suspeitas. Cervejaria disse que vai recolher lotes do mercado.

Foto: Marcos Vieira/EM/D.A. Press

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) afirmou durante entrevista coletiva nesta segunda-feira, dia 13, que foi encontrado presença da substância tóxica em um dos tanques da cervejaria Backer, em Belo Horizonte.

Segundo os últimos boletins relacionados ao caso, ao menos 17 pessoas estão internadas com sintomas de intoxicação em hospitais de Belo Horizonte e de Nova Lima, Região Metropolitana. Um homem morreu em Juiz de Fora, Zona da Mata Mineira, e uma outra mulher morreu nesta terça-feira, dia 14, em Pompéu. Ela também consumiu a cerveja no Bairro Buritis.

O homem internado em Nova Lima, segundo informações, é morador do Bairro Vila da Serra, onde está internado e teria frequentado a região do Bairro Buritis, principal ponto de contaminação, segundo investigações.

Um laudo da PCMG aponta presença do dietilenoglicol em duas garrafas de cerveja encontradas em casas de pacientes com sintomas da síndrome.

Em Nova Lima, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), decidiu recolher a cerveja “Belohorizontina”, da cervejaria Backer.

Nota emitida pela PMNL

No comunicado a prefeitura informa que neste momento recolherá apenas cervejas de consumidores. Bares e supermercados ainda não fazem parte da coleta.

O ponto de entrega é a sede da Vigilância Sanitária do município, que fica localizado na rua Domingos Rodrigues, 185, Centro, sala 202. Entre 8h e 17 horas somente nos dias de semana.

2 thoughts on “Prefeitura de Nova Lima anuncia recolhimento da cerveja “Belohorizontina”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.