Discordâncias políticas levam à desfiliação em massa do PT

Carlinhos Rodrigues é um dos que saíram

Ex-prefeito Carlinhos em ato político

Um dos assuntos políticos mais aguardados na cidade nos últimos dias se concretizou na tarde dessa segunda-feira, dia 23. Foi protocolizada, na sede Estadual do Partido dos Trabalhadores, em Belo Horizonte, uma carta com a exposição de motivos que levou mais de 80 pessoas a se desfiliarem dos quadros do partido em Nova Lima.

O grupo, é composto por fundadores e quadros históricos do partido, além de militantes que participaram das últimas eleições na cidade. A indicação de saída já vinha sendo discutida em reuniões que buscavam qual posicionamento adotar diante do que consideram divergente e intransigente em relação à postura da direção municipal da agremiação.

Dentre os militantes, destaca-se o ex-prefeito Carlinhos Rodrigues, além de ex-secretários de governo, ex-assessores e ex-candidatos a vereador.

Vários motivos foram alegados para essa tomada de decisão do coletivo, tais como: falta de resposta da direção municipal aos ataques constantes sofridos pelas gestões petistas passadas; distanciamento da direção dos filiados, ocasionados pela inércia e inabilidade política, acarretando falta de unidade partidária; tentativas inócuas de aproximação da direção para traçarem juntos o alinhamento das pautas do partido; disputas “fratricidas” e “autofágicas” pelo controle da estrutura partidária; dentre outros.

Não foi informado em qual partido o grupo dissidente irá continuar a sua caminhada política.

1 thought on “Discordâncias políticas levam à desfiliação em massa do PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.