Ação da polícia mira extração ilegal de minério em Nova Lima

Empresa possuía autorização para terraplanagem; contudo, a atividade era de extração de minério

Imagem: PF/Divulgação

PUBLICIDADE

A extração mineral ilegal em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, acabou gerando uma operação da Polícia Federal (PF), intitulada “Poeira Vermelha”. Os responsáveis conseguiram autorização para fazer terraplanagem, mas estavam extraindo o insumo.

Eles simulavam a terraplanagem em terreno urbano, como se fossem usar o espaço para uma futura obra. Porém, extraiam minério sem autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e também da Agência Nacional de Mineração (ANM).

“Com base nas características geográficas da área onde atuavam, a “terra” extraída pela quadrilha consistia, de fato, em minério de ferro, com considerável valor de mercado, que era revendido para empresas siderúrgicas para a produção de aço”, explicava a nota enviada para a imprensa.

Nos dois pontos em que a PF esteve, foram apreendidas uma escavadeira de esteira, uma retroescavadeira, cinco caminhões caçamba e duas carretas caçamba. Os materiais apreendidos permanecerão à disposição da Justiça Federal para eventual leilão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.