Parte que caiu representa 1% do talude em Barão de Cocais

Moradores de Barão estão ainda apreensivos com a situação

PUBLICIDADE

A queda de parte do talude em Barão de Cocais só confirma o que já se esperava: a estrutura vai de fato se romper. Nesta última sexta-feira, dia 31, as pedras começaram a rolar para dentro da cava.

O temor das autoridades competentes e da mineradora Vale, é que o talude se desprenda de forma violenta e ative o gatilho para o rompimento da barragem Sul Superior.

Segundo a Defesa Civil a parte que se desprendeu nesta última sexta-feira, não representa grande parte da estrutura. Apenas 1% (600 metros quadrados) se rompeu e não atingiu a barragem, que está a 1,5 quilômetros da cava.

A mineradora já havia previsto que o talude não iria cair de forma brusca para dentro da cava e sim escorregar gradualmente. Isso reduz de forma concisa os riscos para a barragem.

Apesar disso, os moradores ainda continuam desesperados com a possibilidade de rompimento da barragem Sul Superior. A estrutura possui pelo menos 6 milhões de metros cúbicos de rejeitos do minério, que iria atingir Barão em poucas horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.