Homem que brigou com Zé Guedes afirma que vai pedir quebra de decoro parlamentar na Câmara

Luciano falou com o Jornal Sempre Nova Lima sobre briga entre ele o vereador José Guedes

Foto: Reprodução/Facebook

PUBLICIDADE

O líder comunitário Luciano Cícero, de Honório Bicalho, confirmou em contato com o Jornal Sempre Nova Lima que vai pedir quebra de decoro parlamentar contra o vereador José Guedes (DEM), depois que ambos travaram uma grande discussão após o término da reunião plenária na Câmara dos Vereadores.

Luciano afirmou que registrou Boletim de Ocorrência nesta quarta-feira, dia 26, e que vai discutir com seu advogado as medida cabíveis contra o parlamentar. Ele afirmou, ainda, que vai pedir reparações na Justiça depois que o vereador lhe ofendeu como “vagabundo”.

A confusão aconteceu quando em uma discussão sobre um requerimento para o Bairro Nossa Senhora de Fátima, Luciano teria dito para Wesley de Jesus (PEN) que ele era um “come quieto”. Logo, Guedes pensou ter sido para ele a crítica e perdeu a calma com o homem, partindo, inclusive, para as vias de fato, tendo que ser contido por outros parlamentares e assessores.

Cícero contou, inclusive, que ficou “extremamente chateado” pelo vereador do Democratas ter xingado a sua mãe quando lhe chamou de “filho da puta”. Ele contou que a sua mãe já é falecida e que isso atingiu sua honra. Ainda segundo Luciano, seu filho também sofreu com a situação na escola depois que colegas receberam o vídeo e teriam brincado com o garoto afirmando que “Zé Guedes vai matar seu pai”.

A Câmara Municipal emitiu nota sobre o caso em seu site oficial, veja:

A mesa diretora da Câmara Municipal de Nova Lima informa que o fato noticiado nos meios de comunicação, ocorreu na noite de ontem (25/06), após o encerramento da Reunião Ordinária.

A atual gestão da Casa Legislativa preza pelo pleno direito à manifestação popular, resguardado o respeito aos legisladores e, portanto, vai apurar os fatos e tomar as medidas necessárias para que estas prerrogativas continuem a ser garantidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.