Polícia Civil prende suspeitos de assassinar homem no Nossa Senhora de Fátima

Homem foi assassinado por motivos passionais no dia 30 de março deste ano

Polícia Civil em ação para prender suspeitos de crime no Nossa Senhora de Fátima - Foto: Polícia Civil/Divulgação

PUBLICIDADE

A Polícia Civil prendeu pelo menos três pessoas nesta semana acusadas de assassinar um homem no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Nova Lima, na RMBH, no dia 30 de março deste ano. O Portal Sempre Nova Lima noticiou o fato. (Leia Aqui)

Clayton Oliveira da Silva, de 35 anos, foi espancado e levou três tiros, os criminosos ainda passaram com um carro em cima do seu corpo. Clayton era atual namorado de uma mulher e o ex-namorado dela, um dos presos, ficava provocando com buzinas e cantando pneu próximo a casa da ex. Ele teve ajuda dos irmãos da mulher para assassinar o rapaz de 35 anos.

“Em uma das ocasiões, teve uma discussão. O rival dele voltou para casa e foi chamar os dois cunhados. Os três foram juntos até onde estava Clayton e começaram a discussão”, afirmou a delegada Karina Resende Oliveira Vorcaro, responsável pelo caso.

A vítima levou um tapa na cara e atirou, em seguida, um copo no rosto do agressor. Foi aí que levou socos e pontapés vindo cair ao chão. Logo depois, os suspeitos dispararam por três vezes contra Clayton e ainda passaram o carro em cima do seu corpo.

Na última terça-feira, dia 28, a Civil iniciou a operação para prisão preventiva e de buscas e apreensão. Os homens envolvidos no crime fugiram e a boca de fumo ficou com a mulher que era namorada de Clayton. Contudo, a polícia encontrou um dos irmãos, o ex-namorado e esta mulher, que foram presos.

Um dos envolvidos chegou a confessar o crime, ainda segundo a delegada: “Um dos homens afirmou que deu os três tiros contra a vítima e confirmou que pegou o veículo, mas que não passou em cima do homem. Os outros negam a participação no tráfico de drogas, mas o crime está mais que provado pelas investigações. Inclusive, alguns deles já têm passagens anteriores pelo mesmo crime”, finalizou a delegada. 

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.