Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima, vem sendo utilizada para abastecer BH e RMBH

A Lagoa dos Ingleses vem sendo utilizada para conseguir abastecer Belo Horizonte e a Região Metropolitana de Belo Horizonte, para fazer frente a crise hídrica. A estratégia se iniciou em agosto.

Os efeitos já estão claros, uma vez que quem passa próximo a lagoa já identifica que o volume está bem abaixo do que sempre foi visto. O país passa por uma das piores crises hídricas em anos e isso reflete em Nova Lima, no Rio das Velhas em Honório Bicalho, aonde a vazão do rio está comprometida. O sistema do Rio das Velhas é responsável por abastecer 60% da região metropolitana, o restante fica a cargo do Sistema Paraopeba, que está com 70% do seu volume, porém sem possibilidade de transpor seu volume para o Rio das Velhas.

O processo foi iniciado precisamente em 21 de agosto pela mineradora Anglo Gold Ashanti, que administra o complexo de reservatórios da região, conhecida como Lagoa dos Ingleses – a Lagoa Grande e a Lagoa das Codornas. Solicitaram o esvaziamento o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Velhas) e o grupo Gestor de Vazão do Alto Rio das Velhas (Convasão). “O objetivo é regularizar a vazão do Rio das Velhas e contribuir com o abastecimento de água na Região Metropolitana de BH”, informou a Associação Geral Alphaville Lagoa dos Ingleses.

Sem a liberação por parte da Anglo para melhorar a vazão do Rio das Velhas, BH já teria entrado em colapso. Além da capital, Nova Lima, Sabará e Raposos, são exemplos de cidades que teriam dificuldades de abastecimento.

Em junho foi emitido alerta de emergência hídrica pelo Sistema Nacional de Meteorologia (SNM), que informou que a escassez atingiria, entre junho e setembro, Minas e outros estados. Em nota, a A AngloGold Ashanti informou que, em atendimento à demanda do CBH Velhas e do Convasão, realiza a transferência gradativa e monitorada de água da Lagoa Grande para a Lagoa das Codornas, ambas localizadas no município de Nova Lima, com o objetivo de regularizar a vazão do Rio das Velhas e contribuir com o abastecimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que a participação do Sistema Ribeirão do Peixe na vazão do Rio das Velhas está em torno de 3 metros cúbicos por segundo.

1 thought on “Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima, vem sendo utilizada para abastecer BH e RMBH

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.