Copasa reduz captação no Rio das Velhas, mas não fala em racionamento

Foto: Bruna Aun

Com o inexistente nível de chuvas nos últimos meses, o Rio das Velhas vem sofrendo com a estiagem neste inverno. A Copasa anunciou que diminuiu o patamar de captação de água em Honório Bicalho para 500 litros por segundo.

O rio é responsável por abastecer 60% da Região Metropolitana de Belo Horizonte e a diminuição aumenta o receio de racionamento em 2021 caso o nível de chuvas não aumente. Contudo, a Copasa não menciona esta possibilidade por hora.

A presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, Poliana Valgas, afirma que a situação deste ano é mais impressionante do que em outras temporadas de estiagem.

“Já existia um estado de atenção, mas há duas semanas percebemos uma queda na vazão de maneira latente, antecedendo uma situação que era esperada para setembro”, afirma.

Para que o rio permaneça vivo nesse momento de estiagem, o comitê tem realizado reuniões com diferentes entidades para verificar o que cada um pode fazer para evitar uma redução ainda maior no volume. Para a Copasa, cabe a redução na captação na estação Bela Fama, enquanto a mineradora Anglo Gold pode liberar parte da água de seu reservatório, por exemplo. “Vemos o que cada um pode fazer para não piorar a situação, para que não haja restrição no uso do rio”, dia Poliana.

2 thoughts on “Copasa reduz captação no Rio das Velhas, mas não fala em racionamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.