Nova Lima entra na onda vermelha

Luis Dutra/ Sempre Nova Lima

A Prefeitura de Nova Lima anunciou nesta sexta-feira, dia 7, a nova fase em que a cidade entra para retomada da atividades econômicas em meio à pandemia de Coronavírus.

Segundo o Executivo, passa a ser autorizado o funcionamento de açougues, peixarias, comércio de veículos, construção civil, lojas de cosméticos, hotéis, serviços de reparo, comunicação, lanchonetes, lojas de conveniência, lavanderias, pets shop, além dos serviços considerados essenciais como bancos, lotéricas, farmácias e supermercados.

A cidade foi obrigada a aderir ao plano do governo estadual no último dia 29, após decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que determinava que todos os municípios fora do plano tivessem que aderir. Em Nova Lima, começou a valer a onda verde no sábado, dia 1º, com restrições severas. A onda vermelha passa a valer com as mesmas restrições.

Nova Lima tem nessa sexta, dia 7, 1.620 casos de infectados, sendo 1.363 curados. Nove pacientes estão sob internação clínica, doze estão no CTI e duas crianças em internação clínica pediátrica. Onze mortes já foram confirmadas e 1.461 aguardam resultado de exames laboratoriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.