Dr. Juarez se filia ao Solidariedade com promessa de disputa para o Executivo

Dr.Juarez durante ato de filiação ao lado do Dep.Federal Zé Silva

O ex-juiz Dr.Juarez Azevedo se filiou na última sexta-feira, dia 5 ao partido Solidariedade, no qual já está sendo apresentado com pré candidato a prefeito. O evento contou com a participação de lideranças partidárias, vereadores, deputados e o presidente estadual do partido, o deputado federal Zé Silva.

A promessa de candidatura partiu do presidente municipal da legenda, Paulo Seabra, que durante seu discurso afirmou que Juarez não será candidato caso “Deus não queira”. ” A partir deste momento estaremos junto para agregar os conhecimentos, sinta-se abraçado pelo Solidariedade, e mais: afirmo aqui veementemente que pelo nosso diretório municipal e estadual do partido que o senhor não será candidato a prefeito de Nova Lima se não quiser, ou Deus não permitir. Aqui não tem tapete puxado, enfatizou Seabra em discurso inflamado.

Zé Silva, presidente estadual da legenda, acompanhou o colega e reafirmou a posição do partido: “Dr. Juarez é um excelente quadro e é nosso pré-candidato a prefeito de Nova Lima. Essa noite inicia o projeto de transformação dessa cidade.”

Em sua fala, Dr. Juarez relembrou sua chegada na cidade, seus 28 anos de magistratura, sendo que 25 deles como juiz da comarca de Nova Lima.

“Após anos de magistratura vi que não podia parar, resolvi me ingressar na política. Da outra vez (2016), não alcancei meus objetivos pois forças políticas poderosas me tiraram da disputa, mas não desisti, estou aqui para continuar a lutar por um objetivo, o bem desse povo”.

Azevedo afirmou ainda que enquanto juiz aprendeu a enxergar melhor o povo e que toda sua experiência será colocada em prática caso chegue ao executivo.

O ex-juiz disputou espaço no PSDB em 2016 como pré-candidato da legenda ao executivo, porém, foi retirado da disputa e o partido indicou o atual vice-prefeito João Marcelo para compor a chapa com Vitor Penido.

Penido nomeou Juarez para o cargo de secretário municipal de Segurança, Trânsito e Transporte, no qual permaneceu pouco mais de um ano. A saída se deu por conta de seu filho, o vereador Álvaro Azevedo, que é vereador e declarou oposição a diversos projetos do prefeito.

Para ser declarado oficialmente candidato, o nome de Juarez deverá ser aprovado em convenção do partido que só acontece no ano que vem seguindo o calendário eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.