Com greve, pessoas lotam Correio mas não conseguem suas correspondências



Foto: Sempre Nova Lima – Carro do Sedex, um modo de entrega dos Correios, estacionado em frente ao Centro de Distribuição em Nova Lima.

Contas da CEMIG, Copasa, cartão de crédito, Tv à cabo, internet e entre outras, estão todas paradas no Centro de Distribuição dos Correios em Nova Lima. Na tarde desta sexta-feira a nossa equipe foi até o local para averiguar a situação.

Chegando, uma fila enorme era a realidade no local e pessoas não conseguiam pegar suas cartas já que o efetivo de trabalhadores no local é mínimo, devido a greve dos trabalhadores da estatal que já chega ao seu 16º dia.

Várias pessoas estavam no centro pela tarde e ficaram furiosas quando ouviram da atendente que não havia possibilidade de encontrar as correspondências dentro do estabelecimento, já que a maioria dos trabalhadores haviam aderido à greve.

São pessoas que não possuem email ou smartphone com possibilidade de adquirir uma segunda-via da fatura para pagamento. Segundo a imprensa nacional, é possível que a greve acabe hoje depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) conseguiu efetivar um acordo coletivo com a classe.

Os trabalhadores de São Paulo e Rio de Janeiro já encerraram as paralisações e estão de volta ao trabalho. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) declarou que a greve é abusiva e “determinou retorno imediato aos postos de trabalho”.

A classe ainda protesta contra uma possível privatização dos Correios que poderá ser empreendida pelo governo Michel Temer (PMDB). 

O número do PROCON é 3541-1708 e aqueles que se sentirem prejudicados podem buscar seus direitos.

Foto: Sempre Nova Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.