Da Assessoria de Imprensa

O projeto A Bola e o Sonho concluiu o ciclo de execução com êxito. Foram 12 meses de atendimento com aulas gratuitas de futebol no campo do Nacional, no bairro Vale dos Cristais, em Nova Lima. Durante todo o período, o A Bola e o Sonho atendeu o limite máximo de beneficiários – 125 crianças e jovens, contemplando 100% das vagas. 

Dentre os atendidos, 56 alunos participaram das aulas na categoria Sub-11, 41 na Sub-13, e 28 na Sub-15. Para Pedro Moreira, coordenador técnico do projeto, o número de atendidos mostra a força do projeto na comunidade. “O bairro de Vale dos Cristais abraçou o A Bola e o Sonho de forma imediata. Fiquei muito feliz com a recepção e participação dos alunos e das famílias”, disse. 

Ainda, durante todo o período do projeto, foram realizados 30 amistosos, sendo dez com a categoria sub-11, 11 com a categoria sub-13 e nove com a categoria sub-15. Nesses jogos, os beneficiários tiveram a oportunidade de visitar três novos municípios: Belo Horizonte, Brumadinho e Raposos. “Os alunos tiveram, além das experiências dentro de campo, a oportunidade de conviver e praticar o espírito coletivo. Acredito fortemente que foram momentos muito proveitosos para os beneficiários”, comenta Pedro Moreira. 

Os pais dos beneficiários do A Bola e o Sonho responderam o questionário com o intuito de verificar os impactos do projeto na vida dos alunos. Dessa forma, foram realizadas perguntas acerca da contribuição do projeto nos aspectos éticos, técnicos, sociais, e de saúde. 

Foi possível observar que os pais consideraram que o projeto A Bola e o Sonho contribuiu de maneira significativa na formação de valores, na ética, na melhoria da saúde e do bem-estar, na socialização interpessoal e nos aspectos técnicos da modalidade do futebol. 

O projeto A Bola e o Sonho é realizado pela De Peito Aberto com patrocínio da Vallourec e da Orthocrin, com apoio da Prefeitura de Nova Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.