Polícia procura homem suspeito de abusar de menina de 5 anos na cidade de Rio Acima

Homem tem 40 anos e era padrasto da garota; crime pode ter acontecido por cinco vezes e enquanto a mãe dormia

Foto: Governo do Estado de Minas Gerais

A Polícia Militar (PM) tenta prender um homem suspeito de abuso sexual contra uma criança de 5 anos, na cidade de Rio Acima, em um condomínio onde ela vive com a mãe. Relato da garota foi feito em uma consulta com uma psicóloga. O homem é o ex-padrasto da menina. 

Os relatos aconteceram no último sábado, dia 4, durante atendimento no Hospital Odilon Behrens, na Região Centro-Sul de BH. 

A história começou quando o pai da criança notou um comportamento diferente por parte da filha e questionou o que estaria acontecendo. A garota afirmou que seu ex-padrasto era “muito mau”. Ele então procurou ajuda profissional aonde a criança já havia realizado outras três consultas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo o boletim de ocorrência, a psicóloga acionou a PM, após a menina dizer que o ex-padrasto passava as mãos nas partes íntimas dela, quando a mãe estava dormindo e que o crime pode ter sido realizado pelo menos cinco vezes.

Segundo a mãe da menina, eles se conheceram dentro do condomínio onde eles moram, em Rio Acima, cidade vizinha a Nova Lima, e que por muitas vez, o ex-parceiro elogiou a menina, logo após o início de um relacionamento, que durou nove meses. Ela negou saber dos possíveis abusos e que após a separação, não houve mais contato. 

De acordo com a PM, a criança foi levada ao hospital para realização de exames. A Polícia Civil informou que a ocorrência foi registrada no sábado passado, dia 4, mas “até o momento, não houve prisão. Um inquérito policial será instaurado para apurar o caso”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.