Homem que passou pela África chega ao Brasil e testa positivo para Covid

A doutora Luciana Souza compara duas radiografias de tórax diferentes de um paciente enquanto conversa com um colega de um hospital de campanha criado para tratar pacientes que sofrem da doença de coronavírus (COVID-19) em Guarulhos, São Paulo

DO G1

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou neste domingo (28) que um passageiro brasileiro com passagem pela África do Sul e que desembarcou em Guarulhos, na Grande São Paulo, testou positivo para a Covid-19.

Não há confirmação se o caso é da variante ômicron. O paciente, que já está em isolamento, é vacinado, segundo a agência.

“A Agência fiscaliza e exige, por força de portaria interministerial, que o viajante apresente exame PCR negativo para Covid-19 realizado em, no máximo, 72 horas antes do voo internacional (na origem do voo)”, diz a nota da Anvisa.

O passageiro em questão chegou ao Brasil com teste negativo, assintomático e, após sua chegada, às 21h12 do sábado, a Anvisa foi informada sobre o resultado positivo de um novo teste de RT-PCR, realizado pelo laboratório localizado no Aeroporto de Guarulhos.

“Diante do resultado, a Agência notificou o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) nacional, estadual e municipal, às 1h07 do dia 28/11. A Vigilância epidemiológica do Município de Guarulhos também foi acionada para acompanhamento do caso.”

O paciente está em isolamento e cumpre quarentena em casa, de acordo com a Anvisa, e os órgãos de saúde estadual e municipal passam a fazer o monitoramento do caso, que também é acompanhado pelo Ministério da Saúde.Não há nenhum registro de casos da nova variante da Covid, segundo informações do sábado da Secretaria da Saúde estadual.

O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado de São Paulo (CIEVS) diz que acompanha e auxilia nas investigações de todas as variantes que causam preocupação, tais como delta, alpha, beta, gama e a ômicron.

A partir desta segunda (29), o Brasil vai fechar as fronteiras aéreas para passageiros vindos de seis países do Sul da África.O voo, da companhia Ethiopian Airlines, foi o único vindo do continente africano no sábado para o Aeroporto Internacional de Guarulhos e não há previsão de novos voos para este domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.