Suspeitos de torturar militares são mortos em Igarapé, na Grande BH

Três suspeitos de torturar e tentar assassinar um casal de policiais militares, em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, morreram nesta segunda-feira, dia 6, por militares durante ação na cidade.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), militares realizavam uma operação na cidade e foram surpreendidos por tiros. Os policiais reagiram e durante o conforto, três suspeitos de entrarem na casa dos militares durante a madrugada foram baleados.

Segundo informações do site BHAZ, os criminosos que invadiram a casa dos policiais – um coronel reformado, de 50 anos, e uma cabo, de 34 – foram torturados e baleados.
Segundo o Boletim de Ocorrência (BO), o coronel tinha perfurações na cabeça e foi encontrado na sala da residência. Já a mulher estava baleada na cabeça, costas e tórax. Ela foi localizada no banheiro. Um helicóptero da Polícia Militar foi usado no salvamento e as vítimas foram encaminhas ao Hospital João XXIII, na Zona Sul de BH.

Policiamento integrado na região após crime contra militares

Através do determinação do Comando-Geral da Polícia, um Posto Integrado de Comando (PIC) foi instituído no local do fato.

Além das unidades que atuam na região da ocorrência, militares dos Comandos de Policiamento Especializado (CPE), do Batalhão de Aviação do Estado (COMAVE) e da Diretoria de Inteligência (DSint), dois delegados da Polícia Civil e Promotoria de Justiça somaram esforços para prender os suspeitos do ataque.
Os suspeitos foram baleados por policiais do Batalhão de Rondas Ostensivas Metropolitana (ROTAM). Segundo corporação, um dos suspeitos foi preso e entregou o paradeiro dos demais. Ao chegar no local, os PM’s entraram em conflito com os bandidos culminando na morte dos suspeitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.