Arrecadação da Prefeitura cresce 27% em 2019

Prefeitura de Nova Lima/Reprodução

A Prefeitura de Nova Lima explodiu a arrecadação de 2019 e somou um patamar 27% maior do que em 2018. Até o dia 31 de dezembro, feriado, por causa do ano novo, a cidade já havia arrecadado R$751.140.168,07, valor maior que os R$ 590.405.203,30 do ano passado para o mesmo período.

A arrecadação, portanto, é 27% maior do que a registrada no ano passado. Houve receio por parte do prefeito em ter queda de arrecadação em até R$100 milhões com o imposto mineral, por causa do acidente da Vale em Brumadinho.

Contudo, uma mudança na legislação sobre o repasse das mineradoras aos municípios fez com que estes recebessem valores retroagidos, o que potencializou a capacidade de arrecadação. Isso faz de Nova Lima a cidade que mais arrecada com o minério em toda Minas Gerais.

O fato fez com que a cidade arrecadasse 31% a mais com o minério do que em 2018. Este ano, caíram nos cofres municipais R$123.712.696,67 da Compensação Financeira de Recursos Minerais (Cfem), valor acima dos R$ 98.920.170,73.

Mas o imposto que determina o dinamismo de Nova Lima é o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). É esta métrica que determina a capacidade do município em arrecadar valores de empresas instaladas em território nova-limense.

Em 2019, Nova Lima agaranhou R$125.826.034,06 de ISSQN, valor 29% maior do que o de 2018 até o dia 31. Os valores são recordes na história do município já que ultrapassa os R$656 milhões de Cássio Magnani Júnior em 2016, ex-prefeito de Nova Lima.

A média de arrecadação neste ano ficou em R$62.595.014,58 milhões por mês.

2 thoughts on “Arrecadação da Prefeitura cresce 27% em 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.