Vice-governador usa helicóptero do Estado para sair de spa de luxo em Nova Lima

Fato foi criticado por hóspedes do hotel de luxo na cidade da Grande BH

Paulo Brant (vice-governador) e Romeu Zema (governador do Estado) - Tom Nettos/Partido Novo

Publicidade

O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant (Novo), usou o helicóptero do Estado para se locomover de Nova Lima, aonde estava hospedado em um spa de luxo, na região de Macacos, para Ouro Preto, até a entrega da Medalha da Inconfidência.

Além do governador, estava no voo a sua esposa, Alexia Paiva. A assessoria de imprensa do vice-governador confirmou a informação e disse que o helicóptero foi usado porque Nova Lima está na rota aérea de Ouro Preto, aonde o político possuía agenda pública.

Segundo o jornal O Tempo, o fato foi bastante criticado por hóspedes no local. Isso porque eles testemunharam o momento da decolagem e criticam porque o Partido Novo se elegeu prometendo mudar “a farra dos voos” que foi empreendida pelo ex-governador, Fernando Pimentel (PT), além de outros governadores como Aécio Neves (PSDB).

Inclusive, Aécio respondia até algumas semanas a uma ação de improbidade administrativa. Ele era acusado de usar o helicóptero do estado sem comprovar o interesse público. O Ministério Público cobrava o ressarcimento aos cofres estaduais no valor de R$11,5 milhões. Porém, segundo a Justiça, a ação prescreveu.

Em campanha, o governador Romeu Zema (Novo) havia afirmado que não usaria as aeronaves do Estado. Contudo, até o momento, segundo o Portal da Transparência, o governador viajou em aeronaves de Minas por pelo menos 16 vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.