Carlinhos Rodrigues anuncia saída do PDT

Foto: Reprodução Facebook - Carlinhos ao lado da sua candidata a vice, Dra. Doris, em evento de campanha

O ex-prefeito Carlinhos Rodrigues, que governou a cidade entre 2004 e 2012 e foi candidato a prefeito nas eleições do ano passado, anunciou nesta quinta-feira, dia 21, sua saída do Partido Democrático Trabalhista (PDT) na qual ocupou o terceiro lugar na disputa de 2020 com mais de 9 mil votos.

Rodrigues, que já esteve também no PT afirmou que está descontente com a “principal figura” do PDT, o presidenciável Ciro Gomes, que tem sido crítico ferrenho ao PT, e suas lideranças, como os ex-presidentes Lula e Dilma. Gomes chegou a insinuar que dirigentes petistas apoiaram o impeachment da então presidente em 2016.

Há algum tempo, me incomoda a postura da liderança maior do PDT [Ciro] na construção de uma candidatura ao centro-direita, mas principalmente a hostilização da esquerda, em especial ao PT. Isso aponta para uma inviabilidade destas forças progressistas estarem juntas em um processo de retomada do crescimento econômico da nação que aponte para uma maior inclusão de sua população e maior justiça social.

Carlinhos Rodrigues

No comunicado, o professor afirmou que sua entrada no partido foi justamente por acreditar na união das legendas (para o processo leitoral), mas que tem se tornado “impossível” com as atitudes da agremiação. Segundo ele, é preciso acreditar “na unidade em torno de um projeto, na união de forças políticas e progressistas” e que “as forças reacionárias, conservadoras e de atraso, estrebucham nesse momento para encontrar algo ou alguém que os una para tentar nos derrotar”.

Ainda no comunicado, Rodrigues afirma que não tem intenção de se filiar em outro partido e que neste momento está em busca de um lugar que possa lutar por dias melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.