Trecho do Rio das Velhas em Honório Bicalho entra em estado de alerta segundo Comitê

Caso não haja melhora, o sistema terá que adota medida de racionamento

Foto: CBH Rio das Velhas/Reprodução

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas emitiu um estado de alerta para região de Honório Bicalho, onde há captação de água pela Copasa e é responsável pelo abastecimento de 60% da Grande BH. 

A nota foi emitida pelo (CBH Rio das Velhas) no dia 28 de julho, “devido às baixas vazões registradas” e o parecer da situação publicizado nesta terça-feira, dia 3.

Segundo o órgão, o estado de alerta é o que antecede a obrigatoriedade de restrição de uso da água. O documento diz que a vazão média do manancial nas últimas duas semanas tem sido abaixo de 10,4 metros cúbicos por segundo, volume mínimo considerado seguro para o rio e após a captação da Copasa para abastecimento, a vazão residual ficou com média semanal de 3,61 metros cúbicos por segundo. No dia 31 de julho, a vazão chegou a 9,5. 

(…) Sempre que a vazão de um curso d’água monitorado no estado ficar abaixo do valor médio mínimo dos últimos 10 anos, índice chamado de Q7,10, durante um período de sete dias seguidos, o manancial entra em estado de alerta

Nota do Comitê

Para não haver racionamento, órgão l “tem adotado medidas” em parceria com a Copasa, Cemig, Vale e AngloGold, por meio do Grupo de Controle de Vazão do Alto Rio das Velhas (CONVAZÃO), “visando a regularização das vazões, objetivando o direito de acesso de todos aos recursos hídricos, com prioridade para o abastecimento público e a manutenção dos seus ecossistemas”.

Se os valores reduzirem ainda mais, passando de 70% da Q7,10 e se repetirem estes patamares por mais sete dias consecutivos, o rio entra em estado de restrição de uso”.

Ao G1, a Anglo informou que “não tem essas informações específicas sobre gestão do Rio das Velhas”. Já a Cemig, informou “ que trabalha de forma integrada no monitoramento das vazões do Rio das Velhas e na operação dos reservatórios localizados à montante da bacia hidrográfica, de modo a otimizar as vazões no Rio das Velhas em prol do abastecimento público de água e manutenção do ecossistema do rio”.

A Copasa afirma “que monitora continuamente os níveis do Rio das Velhas, no distrito de Bela Fama, em Nova Lima. Esse monitoramento pode ser acompanhado diariamente no site da empresa”, e “que já reduziu sua captação no Rio das Velhas em cerca de 500 L/s como forma de colaborar para a vazão do rio” e que faz captação de outros curdos d’água para garantir o abastecimento em parte da RMBH.

1 thought on “Trecho do Rio das Velhas em Honório Bicalho entra em estado de alerta segundo Comitê

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.