Atividades em creches do município devem ter retorno no mês de outubro

A Prefeitura anunciou para outubro, a volta de estudantes de 0 a 2 anos e 11 meses, às atividades presenciais em creches locais, o que deve ocorrer no início de outubro. A medida foi determinada por meio de decreto e engloba também instituições privadas

A medida foi baseada pela alta demanda de público, atrelado às atividades dos pais e com a observância na dimunuição de contágio por Covid-19 na cidade e progressão para a Onda Amarela no Programa Minas Consciente. Os alunos representam 8% dos estudantes matriculados na rede municipal de ensino, somando 770 crianças.

O Poder Executivo ainda flexibilizou o tempo de permanência nesses espaços e em demais instituições de ensino, inclusive, em escolas, particulares, estaduais e técnicas com estudantes acima de oito anos. Nesse caso a extensão no horário de funcionamento passa a ser uma decisão facultativa e de competência da direção de cada escola.

Protocolo escolar prevalece

Volta e vacinação

Para acesso aos 12 centros infantis, permanece as medidas de isolamento, distanciamento e controle como o uso de máscara, conforme orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo o Executivo, a direção escolar deve certificar que todos os servidores com contato direto com as crianças estejam em conformidade com o calendário vacinal do município, mas há possibilidade que de até a volta, o esquema vacinal para o setor já esteja concluído. Aventais, tocas, luvas além de outros itens que compõem os equipamentos de proteção serão obrigatórios para exercício dessa função.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.