Decreto de liberdade econômica promete melhorar condições de negócios em Nova Lima

Promessa é de desburocratizar processo de abertura de empresas em Nova Lima

O prefeito João Marcelo, do Cidadania, deu um grande passo para melhorar as condições de negócios no município. Ao lado do secretário de Desenvolvimento Econômico, Abner Henrique, também do Cidadania, ele apresentou o conteúdo de um decreto de liberdade econômica que visa dar celeridade em processos burocráticos empresariais.

Empresas de “baixo risco”, que correspondem a grande maioria na cidade, poderão iniciar suas atividades mesmo sem alvará de funcionamento. Ou seja, se a Prefeitura não conseguir dar celeridade na abertura da empresa, esta não estará impedida de iniciar suas atividades. A expectativa é que uma empresa seja aberta em apenas um dia.

Além disso, quaisquer solicitações à Prefeitura que também não sejam respondidas em tempo hábil, serão aprovados de forma tácita, de forma que uma possível ineficiência não prejudique a execução dos negócios.

Para Abner, o decreto é de extrema importância para o empreendedor nova-limense que passa a ser beneficiado com esta liberdade. A sua aposta é que com menos burocracia, mais empresas vão se instalar em Nova Lima e com isso mais ofertas de empregos serão geradas.

“É Nova Lima se consolidando como um ambiente cada vez mais fértil para negócios! Essa é a nossa missão”, afirmou o titular da pasta de Desenvolvimento Econômico, um dos responsáveis pelo decreto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.