Comissão apresenta relatório favorável ao caso de eutanásia em Cavalo no mês de abril

Cena tomou conta das redes sociais já que procedimento aconteceu em plena luz do dia em uma via pública.

A Comissão Multidisciplinar instaurada pela Prefeitura para avaliar e criar procedimentos a serem adotados em casos de eutanásia de animais no âmbito municipal, emitiu parecer favorável ao caso ocorrido no dia 7 de abril, na Avenida José Bernardo de Barros, envolvendo um cavalo. Segundo os membros da Comissão, “o procedimento adotado seguiu a legislação vigente, e os princípios relevantes para a eutanásia em animais foram garantidos”.

O trabalho foi conduzido por representantes do Executivo, Câmara Municipal e membros da sociedade civil e foi entregue ao prefeito João Marcelo, do Cidadania. Segundo a prefeitura, a Comissão ouviu profissionais especialistas em animais de grande porte e protetores organizados e que “os debates e as apurações se basearam nos aspectos legais, éticos e administrativos, promovendo a discussão democrática e participativa”.

De acordo com o parecer, a atitude reduziu o tempo de sofrimento do animal já que a eutanásia injetável precisaria de mais tempo para fazer o efeito necessário e que “o deslocamento do animal para outro local, que também foi descartado na ocasião, também não seria a alternativa apropriada, já que ele estava com fratura exposta em uma das patas, que o impedia de se deslocar”.

Ainda de acordo com o Executivo, o órgão trabalha desde o início do ano na elaboração de políticas públicas voltadas para essa área, como o Fórum Permanente Municipal de Proteção e Defesa Animal, além de leis que já estão em vigor e que resguardam os animais no município. Outro ponto apontado pelos membros é a necessidade de medidas mais eficientes para proteção aos animais em Nova Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.