Pré-candidatos apostam em ‘lives’ para manter debates sobre a cidade

Em tempos normais, a poucos dias de iniciar as campanhas eleitorais, era possível ver os pré-candidatos a prefeito visitando vários pontos da cidade e fazendo reuniões para manter diálogo com vários setores da sociedade, bairros, associações e figuras importantes.

O atual prefeito, Vitor Penido (DEM), foi um que em 2016 visitou alguns bairros para continuar com o seu discurso de que a cidade estava quebrada. Não foi muito diferente com Cássio Magnani, ex-prefeito cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que gozava da grande popularidade de Carlinhos Rodrigues (PDT), e durante a campanha também fez várias reuniões lotadas em 2012, numa vitória de virada sobre a chapa Vitor e o já falecido Luciano Vitor Gomes (Luck).

Carlinhos, que não pôde disputar no último pleito, também encheu o bairro Cabeceiras com mais de 500 pessoas num lançamento de pré-candidatura. Estes são fatos que não existem mais em meio a pandemia.

Com o advento da internet, redes sociais e devido ao delicado momento em saúde coletiva, os candidatos têm aproveitado a moda das “lives” para fazer debates, convidando vários personagens. É o caso de Wesley de Jesus (DEM), pré-candidato a prefeito do governo de Penido, que faz várias lives pelo aplicativo Zoom, famoso por dar palco a reuniões corporativas.

Os pré-candidatos a prefeito de Nova Lima que já fizeram lives. Em ordem: Wesley de Jesus; João Marcelo; Juarez Azevedo; Flávio de Almeida; Jobert; e, Roberta Zanon

Já o vice-prefeito e também pré-candidato, João Marcelo (Cidadania), aproveitando da sua forte posição nas redes sociais, é outro que já se apoiou em lives para levar debates em meio a pandemia.

O pré-candidato Mauri Lopes

O ex-magistrado, Juarez Azevedo (Solidariedade), talvez seja o pioneiro neste quesito, pelo menos durante a pré-campanha. Ele motivou, inclusive, uma matéria do Jornal Sempre Nova Lima que mostrava as várias reuniões on-line para a produção do seu plano de governo.

O atual vereador Flávio de Almeida (PT) e também pré-candidato, aposta na juventude para se colocar em boa posição para disputar a cadeira mais concorrida do município. Flávio é oposição ao governo de Vitor Penido, assim como Juarez, e é mais um a buscar ideias nas redes em meio a tentativa do distanciamento social.

Outro que também se engajou na moda é o pré-candidato Jobert Jobão (Unidade Popular), que traz narrativas de esquerda para o contexto eleitoral. Ele inaugurou sua primeira pré-campanha e possivelmente terá pela primeira vez a condição de candidato quando abrir o período eleitoral. Inclusive, fez uma transmissão ao vivo com outra pré-candidata, Robeta Zanon (PSOL), que é professora conhecida no mundo estudantil e também nunca foi pré-candidata ou candidata ao cargo mais alto na Prefeitura de Nova Lima.

Não foi encontrado lives promovidas pelo possível candidato do PDT, Mauri Lopes. Ele que já foi secretário no município, já até conversou com o repórter Marcus Vinícius Simões, mas ainda não procurou figuras públicas em seu Instagram, para fazer transmissões ao vivo.

A pandemia, assim como os novos hábitos da população em torno das tecnologias, faz com que os candidatos se reinventem para debater a nossa cidade. O importante é que a população busque propostas para que o voto seja o mais consciente possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.