Com muito Axé, na segunda desfila o Bloco Afro “Saravá, Seu Benedito!”

Tradição, alegria e muita diversão. Essa é a receita de sucesso que, por muitos anos, marcou o carnaval de Nova Lima. Aos poucos, a cidade vem fazendo o resgate destes elementos que encantam os nossos foliões.

Este ano, mantendo a cultura dos desfiles dos blocos, surge o Bloco Afro “Saravá, Seu Benedito”, que nasceu no Centro Espírita Pai Benedito de Aruanda, atendendo pessoas há mais de 30 anos, dos quais seis anos se localiza no bairro Cabeceiras.

Segundo Janaína Lírio, uma das organizadoras do bloco e “Mãe Pequena” do Terreiro (2º cargo na hierarquia da casa), foi percebido por eles a necessidade de trazer novamente a cidade de Nova Lima de volta às suas raízes. O povo nova-limense perdeu a referência de que o nosso município foi construído com o suor de negros escravizados e a intenção é reforçar essa história e trazer à tona essa lembrança com muita alegria e orgulho, celebrando a cultura africana e brasileira enraizada em nós.

Pelo constante crescimento do público do Centro Espírita, a organização espera uma grande participação das pessoas frequentadoras da assistência, dos seus médiun e da população que se identifica com as causas e cultura afro/brasileira. O desfile do bloco é aberto a todas as pessoas, pois, um dos objetivos principais é exatamente passar a mensagem de “Não à intolerância religiosa”, unindo os adeptos de todas as religiões, numa sintonia de respeito e empatia.

Durante o cortejo, além de celebrar os cânticos umbandistas, haverá uma Comissão de Frente apresentando coreografias temáticas, além da participação de alguns blocos do mesmo segmento, como o Orisamba.

A banda será composta por voluntários que participam das reuniões do Centro e outros colaboradores, embalando os “pontos” cantados em homenagem aos Orixás, à Bahia, à África e ao Axé.

O desfile do bloco acontecerá nesta segunda feira de carnaval, dia 24/02, à partir do meio-dia, e a sua concentração será no Bicame, de onde sairá, passando palas ruas Domingos Rodrigues, Santa Cruz, Bias Fortes e dispersando na Praça Bernardino de Lima.

No desfile não haverá restrição de consumo de bebidas, mas, a direção da Casa solicita bastante respeito e moderação dos foliões, pelo objetivo do evento.

Os abadás estão sendo vendidos pelo valor de contribuição de 25,00 (vinte e cinco reais), e podem ser adquiridos na concentração do bloco no Bicame ou solicitado através do Instagram do Centro Espírita: @aepaibenedito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.