Bombeiros estão em alerta para possível rompimento de barragem em Barão de Cocais

Bombeiros mantém equipamentos a postos e estão fardados para otimizar resposta a possível incidente

Imagens: TV Record

Depois que a mineradora Vale informou ao Ministério Público de Minas Gerais que há possibilidades de rompimento da estrutura da mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais, o comando do Corpo de Bombeiros de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, determinou que a corporação se mantenha em alerta para uma resposta imediata ao possível acontecimento.

Segundo o major Washington Goulart, foi emitido o alerta para a corporação porque o talude – estrutura em formas de escada que cerca a cava de onde se retira o minério – tem se movimentado intensamente, o que poderá gerar uma ruptura da barragem. A estrutura usada é a mesma que ruiu em Mariana e Brumadinho.

“O que pode acontecer é que, caso o talude caia dentro da cava, haja um abalo sísmico que possa afetar a barragem”, afirma o coordenador adjunto da Defesa Civil, Flávio Godinho, após alerta de movimento dado nesta semana.

Os militares foram orientados a manter a farda e todos os equipamentos a postos e em condições de uso para otimizar o deslocamento para o local. A orientação é válida até que “tudo se normalize”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.