Devido a barragem em Nova Lima, Justiça bloqueia mais R$1 bilhão da Vale

Foto: Complexo de Vargem Grande / Vale Divulgação

 



A 1ª Comarca Cível de Nova Lima bloqueou, novamente, mais R$1 bilhão da mineradora Vale, para garantir a reparação de danos materiais causados pela evacuação de pessoas que estão na Zona de Autossalvamento (ZAS) da barragem de Vargem Grande, em Nova Lima, na RMBH.

A decisão liminar foi decidida no dia 29 de março, contudo, divulgado nesta semana. A ação foi proposta pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Esta é a segunda vez que bloqueiam valores da mineradora para cobrir custos de evacuados na cidade. (Leia)

Além do bloqueio, a Justiça determinou que a Vale contrate, no prazo máximo de cinco dias, uma nova auditoria independente para determinar a estabilidade da barragem. Esta empresa não poderá ter prestado serviços anteriormente para a mineradora.

A liminar ainda assegura a reparação de possíveis danos ambientais causados por um eventual rompimento da estrutura que fica próxima a BR-040. Caso a Vale descumpra as decisões, terá que pagar uma multa de R$10 milhões de reais diários até o limite de R$1 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.