Seg. Abr 22nd, 2019

Denúncia do Guarani contra o Villa será julgada na terça

Foto: Divulgação/Villa Nova - O presidente Márcio Botelho (de terno e gravata) com dirigentes do Villa Nova e o vice-prefeito (o primeiro da foto), João Marcelo

A denúncia do Guarani contra o Villa Nova está marcada para ser julgada já na próxima terça-feira, dia 9 de abril, segundo a pauta de julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) publicada no site da Federação Mineira de Futebol.

O Leão do Bonfim foi denunciado pelo time de Divinópolis depois de ser constatado que o atacante Pinguim atuou de forma irregular em pelo menos quatro ocasiões: contra o América Mineiro; contra o próprio Guarani; Cruzeiro; e, por último, contra a Patrocinense.

Se o Tribunal decidir que de fato houve irregularidade, o Villa poderá ser rebaixado ao perder pontos na competição. O time de Nova Lima ficou com 11 pontos e duas posições acima da “zona da degola”. O Guarani, por sua vez, ficou na primeira vaga de rebaixamento com dez pontos conquistados.

Contudo, a grande discussão em torno do processo, é se o time adversário perdeu o prazo para almejar a perda de pontos do clube nova-limense. Há entendimentos de juristas da bola que afirmam que o prazo para fazer a denúncia seria de 60 dias a contar do primeiro jogo do atleta irregular em campo. Outros já entendem que o prazo conta a partir do cumprimento da penalização, uma vez que o jovem atacante não atua em duas rodadas e teria completado as quatro rodadas que deveria ter ficado afastado.

O caso está nas mãos do relator Dr. Tiago Lenoir. Se ele decidir que o recurso está em tempo hábil, é quase certa a penalização contra o Villa.

Em caso de condenação (ou não), segundo Gustavo Lopes, especialista do assunto e que deu entrevista ao 98 Futebol Clube, cabe recurso por parte do Villa ou da Procuradoria para o pleno do tribunal, onde todos os juízes desportivos vão analisar o caso, e também, para instâncias nacionais, como o STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) da CBF e até para o Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça.

Villa emite nota

A diretoria do Villa emitiu nota à imprensa e disse ter “convicção que não há elementos na denúncia que impliquem na pretensa apenação”. O clube ainda criticou o Guarani pela denúncia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.