Prefeita afastada de Santa Luzia diz ter sido alvo de suposto atentado


Foto: Jovem Pan/UOL – Reprodução Prefeitura de Santa Luzia

A prefeita afastada de Santa Luzia, Roseli Pimentel (PSB), cidade que fica 49 km de Nova Lima, denunciou à Polícia Militar ter sido vítima de um suposto atentado. O marido dela afirmou ter visto luzes na mata próxima ao local onde moram. Estas luzes seriam de lasers e seriam pessoas tentando assassinar sua mulher.

Ainda segundo o marido da prefeita, ele estava na varanda quando viu as luzes. Ele que é Policial Militar efetuou inúmeros disparos contra a mata mas não encontrou ninguém no local.

Roseli que está em prisão domiciliar é suspeita de ter mandado matar o jornalista Maurício Campos Rosa, de 64 anos, no dia 17 de agosto de 2016. Os investigadores acreditam que Maurício pedia dinheiro para que ele não escrevesse matérias contrárias à prefeita no jornal onde trabalhava. A morte teria sido planejada e paga com uso de dinheiro público.

Outras quatro pessoas foram indiciadas pelo crime. Segundo o ‘Jornal O Tempo’, o advogado de Roseli garantiu que ela não sofreu nenhum atentado e que está bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.