Sob pressão popular, Câmara não vota Reforma Administrativa




Sob pressão popular o presidente da Câmara dos Vereadores encerrou a votação da Reforma Administrativa proposta pelo prefeito Vitor Penido de Barros (DEM). Os servidores lotaram a galeria do plenário e com isso evitaram a votação.

Contudo, há indícios de que o vereador Álvaro Azevedo (PSDB) vai propor emendas ao projeto original. Além disso, os vereadores Silvânio Aguiar (SD), Fausto Niquini (PSD) e Tiago Tito (PSD) informaram que pediriam “vista” para analisar pontos do PL.

Apesar de tudo, o projeto não chegou a ser apreciado pelos vereadores já que a confusão na galeria impediu o andamento da reunião. Antes mesmo da solicitação de vista José Guedes (DEM) encerrou os trabalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.