Nova Lima já aplicou mais de 97% das doses enviadas para primeira dose até o momento

Das 50.475 primeiras doses recebidas, 48.991 já foram aplicadas. Números podem ser melhor já que nesta sexta (30) houve novo drive-thru de vacinação.

O Distrito Federal começou a vacinar pessoas com 49 anos a partir de hoje. A vacinação contra a Covid-19 começou no dia 19 de janeiro e o DF já recebeu 1.455.070 doses de imunizantes.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), Nova Lima havia aplicado até a última quarta-feira, dia 28, cerca 48.991, das 50.475 disponibilizadas pelo governo estadual, que distribui os imunizantes encaminhados pelo Ministério da Saúde.

O número representa cerca de 50% do equivalente à população total da cidade que recebeu a primeira dose. Já a população vacinável, a partir de 18 anos, o número sobe para 65%. Atualmente, pessoas com 31 e 32 anos estão em fase de vacinação e não entram nesta estatística, visto a data de divulgação. Com isso, o percentual pode ser ainda melhor, já que mais doses foram distribuídas.

“No momento, dependemos, exclusivamente, dos envios feitos pelo governo do estado e, da nossa parte, temos feito tudo o que está ao nosso alcance para democratizar o acesso à vacina, por se tratar de uma necessidade coletiva para vencermos a pandemia. Em Nova Lima, a vacina é estocada no braço da população”.

João Marcelo, prefeito

Vacinação mais rápida que a do estado

De acordo com levantamento do site G1, o estado de Minas já vacinou 46,17% de sua população total em primeira dose e usou apenas 54,18% das doses recebidas. Em Nova Lima, 9.523 pessoas já completaram o esquema vacinal, o que equivale a 26% do público vacinável. No estado são 19% com ciclo completo.

Estratégias do município facilitam acesso à vacina

O sucesso da vacinação, de acordo com a Prefeitura, se deve pela organização das ações como os drive-thrus que, até o momento, contabilizam 18, diminuindo a logística nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), sendo direcionado aos locais apenas repescagem e como também na Policlínica Municipal.

Gráfico mostra evolução vacinal a a partir de janeiro deste ano. Reprodução/PMNL


Segundo o Executivo, Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) das UBSs, estão buscando ativamente os já autorizados para a segunda dose e que não compareçam aos locais nos dias estabelecidos. Menos de 100 pessoas estão atrasadas para completar o esquema vacinal na cidade, segundo o órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.