Governo Municipal quer doar terreno para construir nova delegacia da Polícia Civil

Prefeito encaminhou projeto para a Câmara a fim de doar terreno para o Governo do Estado, para construir a nova delegacia regional

Foto: Marcelo Sant'Anna

O prefeito Vitor Penido enviou um projeto de lei à Câmara de Vereadores solicitando que os vereadores aprovem a doação de um terreno do município para o Governo do Estado de Minas Gerais, a fim de construir uma nova delegacia da Polícia Civil na cidade.

A mensagem 011 foi datada do dia 10 de abril deste ano e o PL recebeu o número de 1.793 de 2019. O terreno seria na região do bairro Oswaldo Barbosa Pena, aonde vem se construindo o novo prédio do Fórum nova-limense.

Nesta região se encontra, também, as instalações do Ministério Público de Nova Lima. O local é visto como uma forma de descentralizar os serviços básicos do município, no intuito de melhorar o trânsito local. Nas sextas-feiras, por exemplo, o projeto “Sexta na Feira” acaba por complicar o trânsito, uma vez que o tráfego fica prejudicado na Praça Bernardino de Lima.

Já se discutiu, em algumas ocasiões, alterar o projeto da praça central. As conversas, no entanto, não se desenvolveram.

Vereador fica receoso em votar o projeto

O vereador Tiago Tito (PSD), se mostrou receoso em votar o projeto que doa o terreno para o Governo do Estado. Ele lembrou que o Estado passa por uma situação financeira difícil e que não vem pagando regularmente o salário dos funcionários públicos estaduais.

O receio é doar o terreno e posteriormente a gestão Romeu Zema (Novo) vender o ativo para fazer caixa, o que iria se traduzir em perdas para a cidade.

Processo é velho

O Portal Sempre Nova Lima apurou que este processo é velho na Prefeitura de Nova Lima e a tramitação da doação deste terreno se iniciou com no governo de Cássio Magnani Júnior (PR).

A fase de aprovação do projeto de lei é uma das últimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.