Ministério Público cobra urgência em duplicação da BR-040






O Ministério Público Federal (MPF) cobrou urgência da duplicação da BR-040, entre Nova Lima e Itabirito, na região central do estado. O trecho está privatizado e quem administra é a “Via 040”. O órgão ainda determina que as sinalizações recebam manutenção diária em 77 quilômetros de extensão. 

Neste caso, o caminho compreende o trevo de Ouro Preto e Conselheiro Lafaiete e a adoção de medidas que impeçam manobras irregulares em Ribeirão das Neves, na RMBH.

A recomendação pede que a empresa duplique rodovias que compreendem a via de acesso a Moeda até o distrito de Piedade do Paraopeba e ao condomínio Retiro do Chalé, que são ambos distritos de Brumadinho. As vias foram consideradas críticas pelo MPF.

“Ninguém está falando em investimentos pesados. Isso é uma coisa urgente, é o direito à vida que está sendo colocado em xeque”, defende o procurador que assina a recomendação, Fernando de Almeida Martins.

A duplicação de 552,2 Km da BR-040 deveria ter sido concluída até o final de 2018. Contudo, apenas 73 Km foram entregues pela concessionária, que alegou problemas com a licença ambiental. Em 2017, a Via 040 anunciou que iria devolver a rodovia federal para a União.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.