Com exclusividade, secretário de Saúde fala sobre febre amarela em Nova Lima


Foto: Sempre  Nova Lima


O secretário de Saúde de Nova Lima, José Roberto Lintz Machado, conversou com exclusividade com o Sempre Nova Lima sobre a febre amarela e outros assuntos sobre saúde pública em nossa cidade.


Ele confirmou que dois micos morreram na cidade e estão sob suspeitas de febre amarela. O sangue foi retirado destes animais e estão sendo estudados para “monitoramento da área”. Belo Horizonte e cidades no entorno também já registraram mortes de macacos com febre amarela.

“Não é preciso agredir o macaco”, afirma José Roberto, o secretário. Ele lembra que a febre amarela só é transmissível  através de mosquitos e que humanos devidamente vacinados não vão adquirir a doença. 

Para além disso, o secretário confirmou quatro mortes de pessoas nova-limenses no ano passado pelo Aedes Aegypti, muito possivelmente por dengue. Escute o áudio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: O conteúdo está bloqueado. Entre em contato para solicitar o texto.